Pitbull salva menino de ser afogado pela própria mãe e por pouco não é sacrificado
Inicio

Pitbull salva menino de ser afogado pela própria mãe e por pouco não é sacrificado


Publicado em 05 do 04 de 2019 por Fabiano simao

Sempre ouvimos que o cão é o melhor amigo do homem, escutamos também inúmeras histórias em que cães, com o auxílio de sua inteligência salvou alguma pessoa que esteja em risco. Hoje mostraremos mais um caso em que isso ficou claro.

Segundo o portal de notícias Herald Sun, uma mulher de 27 anos teria dito a uma amiga que “precisa afogar os seus bebês”, ela então pegou os dois filhos e foi para o rio Murray, localizado na Austrália.

Chegando ao local, ela pegou seu filho de 9 anos e ficou segurando debaixo d’água, enquanto o caçula de cinco anos assistia a tudo aterrorizado. A mulher então pegou o filho de cinco anos e também colocou dentro da água. 

Foi nesse momento que um cão da raça pitbull que passava pelo local, imediatamente decidiu ajudar as crianças.

O garoto de 9 anos conseguiu se livrar da mãe, assim que o cachorro a atacou, já o de cinco não teve a mesma sorte e acabou morrendo no local.

A mulher acabou se entregando para a polícia e algora será julgada por tentativa de homicídio e homídio.

Os avós já tinham alertado a assistência social de que as crianças corriam risco de vida, mas nada foi feito e hoje, em breve conversa com portal de notícias, eles disseram que as autoridades falharam e agora a família está de luto.

Já o cão Buddy, foi encaminhado para um abrigo aonde iria ser sacrificado pelo ataque a mulher e ao menino. Só que a população conseguiu uma petição onde colheram 50 mil assinaturas e assim buddy foi liberado e voltou para a casa de seus donos.

Responsáveis que analisaram o caso, disseram que o pitbull agiu em defesa do menino em um momento de pura proteção.

Os donos de Buddy, afirma que ele é um cachorro bem dócil e que até então nunca tinha feito nada parecido.

Os avós são muito gratos ao cachorro.

Mesmo que tenha acontecido essa tragédia, os avós são gratos ao cão Buddy, porque acreditam que se ele não atacasse a mulher, eles teriam perdido os dois netos.

Saiba mais sobre o caso: